Liga-te a nós

Pro

Adam Scott regressará em duas semanas ao PGA Championship

“Eu costumava pensar que meu pulso estava a doer durante uma volta até que eu passar pelo parto”, dizia. Os seus dias competitivos podem não ter acabado.

Adam Scott está pronto para fazer o seu tão esperado regresso ao PGA Tour.

Embora o número 9 do mundo não apareça na próxima semana no WGC-St. Jude Invitational, Scott está de volta aos Estados Unidos e planeia jogar no PGA Championship dentro de duas semanas.

Nenhum jogador entre os 30 melhores no ranking mundial teve uma ausência mais longa do que Scott, que fará a sua primeira partida desde o cancelamento do The Players Championship, em meados de março. Quando o PGA Tour apresentou o seu plano de saúde e segurança COVID-19, Scott disse à Australian Associated Press que estava “surpreendido por não ser mais apertado do que é” e que planeava ficar longe até meados de julho.

Até o momento, apenas sete jogadores e três caddies (dos cerca de 2.100 testes) deram positivo para o vírus nas primeiras sete semanas do reinício.

Embora ele tenha pensado em jogar na próxima semana em Memphis – os 8 melhores do mundo já se comprometeram -, o gerente de Scott disse que Scott optou por sair e fará seu retorno ao PGA Championship no TPC Harding Park, em São Francisco.

Scott, que também tem uma casa nas Bahamas, estaria a considerar ficar nos EUA até pelo menos o U.S.Open em setembro e, possivelmente, pelo Masters em novembro. O gerente, Johan Elliot, da Sportyard, disse que os planos de Scott “ainda estão um pouco no ar” em relação aos playoffs da FedExCup, que começam duas semanas após a PGA.

Scott venceu o Genesis Invitational em fevereiro (após um intervalo de sete semanas) e é o 31º na classificação da FedExCup. Ele fez apenas sete partidas nesta temporada.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Destaques

Mais em Pro