Liga-te a nós

Pro

Inédito: Três portugueses passam o cut no Magical Kenya Open

Durante os dias 14 e 17 de março, decorreu no Karen Country Club o maior evento de golfe queniano, o Magical Kenya Open, em Nairóbi. O campeonato trouxe sorte para o golfe português, já que foi a primeira vez que três atletas nacionais passaram, simultaneamente, o cut num torneio do European Tour, fora do País.

 

Desempenho dos portugueses

Após um intervado de três meses, Filipe retorna à competição com bons resultados ao longo dos quatro dias de torneio. O golfista registrou 75-68-70 e 66 pancadas, totalizando 279 pancadas (-5), o que rendeu ficar entre os 25.º classificados.

 

Ricardo Melo Gouveia totalizou 281 pancadas, 3 abaixo do Par, acumulando voltas de 74, 66, 72 e 69. O resultado o colocau entre os 35º. Pedro Figueiredo integrou também o grupo dos 35º com 281 pancadas (-3), com voltas de 68-71-70-72. Dos três, apenas Filipe Lima somou pontos para o ranking mundial, 1,22 pontos, que lhe permitiram subir 9 posições para 377.º, mantendo-se como o melhor português.

 

O lugar maos alto do pódio ficou com Guido Migliozzi, com 268 pancadas (16 abaixo do Par), após voltas de 67, 68, 64 e 69. O italiano recebeu o prémio mais elevado de sua carreira -183.330 euros e subiu de 218.º para 28.º na Corrida para o Dubai.

 

Fonte: FPG

Clica para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Destaques

Mais em Pro