Liga-te a nós

Pro

Rory McIlroy vence a WGC-HSBC Champions

Representa a 4ª vitória para o jogador norte-irlandês.

Foi no passado Domingo que Rory McIlroy que acrescentou ao seu grande leque de vitórias, o troféu de vencedor do World Golf Championships – HSBC Champions. Esta vitória representou a 4ª vitória nas últimas 15 participações e o seu terceiro World Golf Championship.

Quando McIlroy chegou ao PGA Tour há 10 anos, era um fenómeno. Agora, o jogador que irá fazer 30 anos em Maio, sabe que todas as vitórias contribuem para um currículo que o irá levar ao World Golf Hall of Fame um dia, tentando, de todas as formas, maximizar as suas oportunidades para fazer história.

Mesmo que esteja a ter um dia mau, eu dou tudo em cada shot. A minha concentração está melhor e a minha capacidade mental no campo de golfe está melhor que nunca, e acho que isso é a chave fulcral para poder jogar de forma consistente semana após semana.”

A sua performance no Sheshan Internacional confirmou que o seu jogo consistente da última temporada foi transferido para a temporada de 2020. McIlroy venceu o FedExCup 2019 e foi nomeado o Jogador do Ano PGA TOUR depois de vencer três vezes e terminar no top 10 em 74% de suas partidas. Do ponto de vista do Strokes Gained, foi a melhor temporada da era ShotLink por um jogador não chamado Tiger Woods.

Xander puxou por mim o tempo todo, ou em todos os 73 buracos que jogamos juntos esta semana.

Mas McIlroy sentiu que tinha uma vantagem assim que Schauffele retirou um pedaço de papel do chapéu de Slugger White. O papel tinha um “2” escrito, indicando que ele jogaria em segundo no seu confronto de morte súbita.

Eu sabia que esse era o grande momento porque eu poderia bater um drive e atingir o fairway e causar-lhe pressão.

O seu drive sempre foi um trunfo, e foi o que aconteceu no seu primeiro buraco de playoff. Ele jogou um estrondoso drive atingindo o fairway, preparando o terreno para vencer mais um título em 2019.

O shot de saída de Schauffele atingiu o rough e ele teve de colocar a bola curta em relação ao lago em frente ao green. McIlroy jogou a sua bola bem alta atingindo o green e depois, com uma distância de mais de 7 metros, atingiu o buraco com dois putts. Schauffele falhou o putt para birdie para empatar.

Ambos os jogadores estavam empatados e a ronda final de Schauffele, 66 pancadas, foi superior ao melhor resultado de domingo. McIlroy terminou a última ronda com 68 depois de abrir com três consecutivos totais de 67 conquistando assim a sua quarta vitória nos seus últimos 15 torneios.

As quatro vitórias deste ano foram maravilhosas. THE PLAYERS Championship, RBC Canadian Open, THE TOUR Championship para vencer o FedExCup, grandes eventos.

McIlroy transitou para o número 1 no FedExCup, embora seu reinado no topo da classificação tenha, provavelmente, vida curta. Ele está três pontos à frente de Lanto Griffin, o campeão do Houston Open, que inicia a volta final do Bermuda Championship em 20º lugar.

Ninguém ganhou FedExCups consecutivos, mas McIlroy está a começar bastante bem. O jogador também está em luta com Tiger Woods para se tornar o primeiro tricampeão da FedExCup. Woods, que venceu o ZOZO prefazendo a sua 82ª vitória, está na 10ª posição.

McIlroy terminou no top 10 de 16 nas últimas 21 provas do PGA TOUR. Ele abriu a temporada 2019-20 com dois 72 no Japão. A sua pontuação mais alta nas sete voltas é de 68. Ele está 34 abaixo nessas sete voltas, fazendo apenas oito bogeys nesse período e com uma média de 66,3 golpes por round.

Neste momento, o jogo é muito simples“, disse sábado à noite em Xangai. “Eu sei que não vai ser assim o tempo todo, mas quando isso acontece, é preciso tirar vantagem desse sentimento“.

 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Destaques

Mais em Pro