Liga-te a nós

Pro

Taça Manuel Agrellos: Seleções Nacionais de Amadores e Profissionais passam a equipas mistas

As seleções da FPG e da PGA Portugal defrontam-se nos dias 2 e 3 de julho.

A 7ª edição da Taça Manuel Agrellos traz-nos duas novidades: a mudança de data e a inclusão de jogadoras nas seleções nacionais da Federação Portuguesa de Golfe (FPG) e da PGA de Portugal, que irão medir forças entre si.

 

A primeira novidade é que a “Ryder Cup à portuguesa” costumava decorrer em dezembro, como funcionava para a da época dos melhores jogadores portugueses, mas a mudança para o início do verão tem uma vantagem que foi avaliada e considerada importante pelas duas partes envolvidas.

 

É ainda importante decorrer no mesmo campo do Montado, em simultâneo com a Taça Manuel Agrellos, o Campeonato Nacional Drive School e Prof.

Esta iniciativa veio da FPG, iniciativa esta que junta 48 alunos dos 3.º e 4.º anos de escolaridade que têm golfe nas suas escolas, e 24 professores. Para estas 48 crianças, poderem conviver com alguns dos melhores golfistas portugueses, como uma forma de serem compensados pelo seu esforço.

 

Outra novidade é a abertura das equipas às jogadoras. As profissionais Susana Ribeiro e Leonor Bessa, e as amadoras Leonor Medeiros e Sofia Barroso Sá entrarão para a história do golfe nacional como as primeiras mulheres a competirem na Taça Manuel Agrellos. Uma medida revolucionária, pois no golfe existe a Ryder Cup (masculina) e a Solheim Cup (feminina) que não se misturam. Nesta edição, as jogadoras são parceiras dos jogadores e contribuem para o somatório de pontos das respetivas equipas.

 

Susana Ribeiro , que foi três vezes campeã nacional amadora e outras tantas como profissional. Leonor Bessa foi duas vezes campeã nacional amadora e é a atual campeã nacional de profissionais. Leonor Medeiros (acabou de completar 16 anos) e Sofia Barroso Sá (de 15 anos) são muito jovens mas já são, respetivamente, as atuais campeã e vice-campeã nacionais amadoras. Para além dessas duas jovens, a formação da FPG conta com os seguintes jogadores: o sub-16 Diogo Mealha; os sub-18 Martim Batista, Daniel Rodrigues, Pedro Cruz Silva, Gonçalo Mata e Ricardo Garcia; e os adultos Afonso Girão, João Girão, Pedro Clare Neves, Vasco Alves, João Maria Pontes e Pedro Lencart. As grandes estrelas da equipa amadora são Pedro Lencart e Daniel Rodrigues. Lencart foi campeão nacional amador em 2016 e 2018 e agora estuda e compete nos circuito universitário dos Estados Unidos. Rodrigues é o atual campeão nacional amador e cometeu a proeza de vencer este ano, neste mesmo campo do Montado, o Campeonato Internacional Amador Masculino de Portugal.

 

O conjunto da PGA de Portugal integra ainda os seguintes jogadores: Tomás Silva, Vítor Lopes, Nathan Brader, João Ramos, Miguel Gaspar, Gonçalo Pinto, Hugo Santos, Alexandre Abreu, João Carlota e Tiago Cruz. Carlota e Cruz foram convocados mas ainda não confirmaram a sua presença.

Desta lista, destaca-se Tomás Silva por ser o atual campeão nacional de profissionais e ainda Gonçalo Pinto e Vítor Lopes por – tal como Daniel Rodrigues – já terem ganho no Montado o Campeonato Internacional Amador Masculino de Portugal.

 

Em dezembro de 2017, em declarações à SportTV, o presidente da FPG disse: «É com muito bons olhos que vemos a continuação da Taça Manuel Agrellos, uma competição que é muitíssimo importante no calendário, não só da FPG, mas também da PGA de Portugal. É um evento em que todos saem a ganhar, num palco magnífico, o Montado, onde sempre se tem jogado esta Taça Manuel Agrellos». 

 

Mas, apesar disso, em 2018 não se realizou a prova por falta de disponibilidade de uma data coincidente aos interesses das duas partes, mas este ano volta e repleta de novidades e ideias revolucionárias.

 

Créditos Imagem: FPG

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Destaques

Mais em Pro