Liga-te a nós

Pro

Tiger Woods volta a vencer o Masters, catorze anos depois

O “Tigre” interrompeu um jejum de 11 anos sem ganhar no Grand Slam.

Tiger Woods venceu este domingo o 83.º The Masters, um torneio que não vencia desde 2005 e que ganha pela quinta vez, no Augusta National Golf Club, no estado da Georgia, Estados Unidos. Este foi o seu 15.º triunfo em torneios ‘majors’, após 11 anos de espera e quatro operações às costas, entre 2014 e 2017. Depois de vencer em 1997, 2001, 2002 e 2005, o “Tigre” juntou a vitória esta vitória no campo do Augusta National, colocando-se a um triunfo do recorde de Jack Nicklaus.

Woods sumou assim a sua 15.º vitória num major (o recorde é de Jack Nicklaus, com 18) passando a ser um dos mais prolíficos campeões do Masters. É também o segundo mais velho a vencer o Masters (Nicklaus tinha 46 anos quando ganhou pela última vez em 1986). Além do mais, o “Tigre” já soma um total de 81 vitórias no PGA Tour – o máximo é de 82, por Sam Snead (1912-2002).

Pelo caminho, fez algo que nunca tinha conseguido no passado: vencer um major vindo de trás na última volta. Partindo para a jornada de domingo empatado no segundo lugar com o compatriota Tony Finau, ambos a duas pancadas do líder italiano Francesco Molinari, Woods finalizou com o resultado de 70 pancadas, 2 abaixo do Par 72, e, somando 275 (-13), deixou à distância mínima um forte trio composto pelos também americanos Dustin Johnson, Xander Schaufelle e Brooks Koepka.

Na última e quarta volta, o “Tigre” estava na segunda posição, mas após fazer 0 pancadas, duas abaixo do par, e terminou com um agregado de 275 (13 abaixo), menos duas do que o trio composto pelos compatriotas Dustin Johnson, Xander Schauffel e Brooks Koepka.

Clica para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Destaques

Mais em Pro